Marketing e Publicidade na advocacia | via G1 Globo

Especialistas explicam como divulgar seu trabalho sem violar o Código de Ética da OAB

Você já deve ter ouvido aquele ditado “Quem não é visto, não é lembrado”. Parece algo meio óbvio, mas a grande competição no mercado de trabalho tem exigido cada vez mais das pessoas investirem em estratégias e ações que resultem em visibilidade das suas competências. Assim como nas demais profissões, na advocacia o marketing é necessário, porém, os profissionais do Direito devem ter cuidados com abusos que possam violar o Código de Ética imposto pela OAB (Ordem dos Advogados).

Segundo o Presidente da Comissão do Jovem Advogado da OAB Santos, Adriano Ialongo, o marketing não é proibido no Código de Ética, o que é proibida é a publicidade em exagero. “A publicidade pode ser feita, mas de forma moderada e conservadora. O marketing é feito diariamente, como o cafezinho servido pela secretária, o atendimento ao telefone e toda a recepção”.

Adriano Ialongo explica que a publicidade em exagero é proibida no Código de Ética (Foto: Nathalie Monteiro – Assessoria OAB Santos)
Adriano Ialongo explica que a publicidade em exagero é proibida no Código de Ética (Foto: Nathalie Monteiro – Assessoria OAB Santos)

Ele ainda explica. “Existe um pré-conceito da advocacia entendendo que a publicidade e marketing são as mesmas ferramentas e que não poderia utilizar nenhuma delas. Essa falta de conhecimento gera travas e falta de oportunidades que ele teria diariamente de ganhar mercado, captar cliente de uma forma ética, prudente e dentro do limite do Código de Ética da Advocacia”.

Para o jornalista Julio Marcondes, os escritórios de advocacia, via de regra, são uma empresa e requer uma gestão e um investimento em comunicação. “É preciso saber divulgar a marca, saber mostrar para o cliente o trabalho que ele realiza, o que é especialista, as formas e áreas que são importantes”.

O jornalista Julio Marcondes defende a necessidade das empresas investirem em comunicação (Foto: Nathalie Monteiro – Assessoria OAB Santos)
O jornalista Julio Marcondes defende a necessidade das empresas investirem em comunicação (Foto: Nathalie Monteiro – Assessoria OAB Santos)

De que forma o advogado pode, então, realizar a publicidade do seu escritório?

Conforme o publicitário, Leandro Godoy, existe um limite, mas não uma vedação. “Ele pode focar na informação, pois aí ele consegue públicos diferentes. Se quer vender, tem que aparecer de alguma forma, caminhar nessa linha tênue e fazer o trabalho dele de uma forma efetiva”.

O publicitário Leandro Godoy acredita que a melhor forma de divulgação é focar na informação (Foto: Nathalie Monteiro – Assessoria OAB Santos)
O publicitário Leandro Godoy acredita que a melhor forma de divulgação é focar na informação (Foto: Nathalie Monteiro – Assessoria OAB Santos)

Confira o Estatuto da OAB quanto a publicidade profissional

Por OAB Santos

fonte: https://g1.globo.com/sp/santos-regiao/especial-publicitario/oab-santos/85-anos-da-oab-santos/noticia/marketing-e-publicidade-na-advocacia.ghtml

[button link=”https://markframe.com/adv/” color=”red” newwindow=”yes”] Precisa de auxilio com o marketing de seu escritório de advocacia? Clique aqui – >[/button]