Precisa hospedar seu site? A markframe recomenda:

Business Purpose – Qual o propósito do seu negócio?

Business Purpose – Qual o propósito do seu negócio?

O mundo vive uma crise e em meio a isso buscamos entender diversos fatores, principalmente em nossa vida pessoal. Mas, e nossa vida profissional, não deveríamos estar dando a mesma atenção? Será que se nós dedicarmos uma atenção ao nosso negócio com entendimento não estaríamos a contribuir para mudar este cenário? Muitas pessoas abordam vários artigos do quanto devemos mudar como pessoa, qual o propósito de nossa vida e tal! Não discordo destes pensamentos, pois creio que isso realmente é importante, apenas mudo um pouco o foco, que em detalhe pode de fato alavancar nossa vida e o quanto podemos deixar para ela em valores e resultados. Neste momento, tente responder a seguinte pergunta, que inclusive, não por acaso é o título deste texto, “Qual o propósito do seu negócio? “.

Simon Sinek, idealizador da teoria do Golden CircleWhy, How e What, nos ajuda a entender responder de forma clara esta pergunta.

O que seria este Golden CircleWhy, How e What??

Podemos nos aprofundar neste assunto em um próximo artigo, mas antes preciso que entendam o conceito básico, que já será um propulsor para o seu negócio.Certo, vamos lá!

Vamos analisar nosso negócio como um organismo completo, e começamos a responder, WHY, o “Por Quê”, de sua existência?!

Bingo! Agora já sei o propósito do meu negócio?!

Sim, mas isso não valerá de nada se não dermos atenção a próxima pergunta, HOW, ou o “Como” do negócio, que nada mais é que a tangibilização deste propósito que descobrimos acima, como é colocado em pratica este propósito, que não adianta ter um ótimo propósito se ele não é entendido ou sentido pelos clientes, pode ser o mais nobre dos propósitos que também não adiantará de nada se os colaboradores deste negócio não acreditarem, nem mesmo ter a mais bonita e criativa frase de chamada, se ela estiver totalmente desconectada com o que acontece no negócio, desde os grande aos pequenos detalhes.

O próximo passo é o WHAT, o nosso WHY já tangibilizado, a conduta de relacionamento que deve ser expressada em palavras e processos, que dever ser de fácil entendimento e cumprimento. Essas condutas vão atrair e fazer que os clientes se apaixonem pela marca, sem que eles muitas vezes nem entendam o porquê isso acontece.

Temos que ter em mente, que o objetivo do negócio muitas vezes não é atrair todos os clientes, mas sim aqueles que se conectam com marca, que sentem e acreditam que ela faz todo o sentido, pois existirá uma conexão mutua entre os propósitos da empresa e desses clientes.

Não há maior diferencial competitivo que um negócio pode ter do que esta conexão de propósitos entre empresa e clientes, pois isso não pode ser copiado por nenhum outro concorrente, é algo que fica e passa por gerações.

 

Igor Paulino

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Comente

0